Terça-feira, 23 de Outubro de 2007

jazz de MerdA

o jazz é bom as notas voam em fila livres com ritmo e sem ritmo não têm leis correm e param sem compasso sem obrigação tristes ou alegres humanas ou não o jazz é fenomenal ensaia uma melodia a gente vai nela e de repente foge acorda-nos e lança-se num ritmo desenfreado que nos agita todo o corpo nos liberta de parasitas de tensões ah e o jazz não fica por aqui onde menos se espera ele acaba sem explicação no sítio menos indicado mais livre que os volteios duma andorinha pois nunca acaba nem começa no mesmo sítio eu converso com o jazz é a pessoa que melhor me compreende que não estranha nada das minhas loucuras que me apoia me guarda os segredos choro com ele rio com ele gozo salto fujo com ele é um amigo que me dá bons conselhos foge dos cubos dos ângulos rectos dos espíritos quadrados dos pré estabelecidos xapim mete-te no sarrabisco duma criança mistura-te com ele faz a tua lei e depois destrói-a  nunca fiques parado à espera de nada foge à uma da manhã o jazz ajuda a encarar a desambientação onde se vive dorme come trabalha ajuda a passar desligado no meio de tudo é o jazz a marcar o ritmo da revolta em batida sincopada contra os espíritos iguais e quadrados é o jazz a sentar-se comigo quando me sento sozinho watching the wheels e gosto de cães há falta de óculos para míopes espirituais não vêem longe  não vêem a parte escondida das coisas onde está a parte bela  o lado não habitual constroem muros para si próprios e prolongam-nos para os outros muito obrigado mas eu não quero gosto de andar à chuva correr em zig-zag fazer amor no chão não quero linhas rectas nem leis nem a mesma hora o mesmo assunto a mesma coisa o mesmo caminho coerência obrigação nãããããããão porque não és uma pessoa estou a falar contigo sem voz é como se estivesse sozinho  e ainda falas ao mesmo tempo que eu olho para estes papéis e apetece-me amarrotá-los  ir aí e partir-te o vinil todo aos bocadinhos sem reticências porra ainda bem é o outro lado das coisas sciau jazz 16 de julho de 1982
                                                                              
eu?: a jazzente
som: Louis Armstrong-"Umbrella Man'"
tags:
escrito por xapim às 22:14
link do post | comentar | favorito
|

I dream a visitor from Burkinafaso!!!

Flag Counter

VIVA CHILE! VIVA CHILE MIERDA!!!

silos

Fotos National Geographic

globo

contadores de visitas

textos recentes

Crónica de MerdA 3 (o sol...

Crónica de MerdA 2 (prego...

Crónica de Merda 1 (elefa...

Repato de Natal, sim, rep...

Bitetos continua a ser li...

O penedo que abana...

O berço, capital europeia...

O Douro sente-se...

Recantos de Vila Boa do B...

Aventura alucinante num d...

o último barco em bitetos

Um dia na Venda da Giesta

Um biteto, dois Bitetos, ...

É devido...

ligações